sábado, 16 de maio de 2009

"FORAGIDOS"


MARIA AUGUSTA CARNEIRO, GUTA; PARA MIM SEU NOME SEMPRE FOI ESPERANÇA!
Uma doce emoção toma meu peito, uma mistura de saudade e orgulho por ter te conhecido, por ter podido partilhar pequenas esperanças com você.
Você sempre foi SOLIDARIEDADE, Amizade, Afeto, Cuidado, Coragem, Resistência, Esperança, Honradez, e principalmente Mãe.
Siga em paz, e contigo leve meu respeito, minha amizade e meu eterno carinho; fico feliz por ter conhecido um ser humano tão especial e humilde como você.
A militância pelos Direitos Humanos ficará mais pobre sem a sua presença doce e digna, que balizava ações éticas e justas para proteger a cidadania daqueles que foram colocados à margem do caminho.
GUTA; TE AMAMOS!!
Essa é para tu ouvir, onde tu estiver!



O Que Foi Feito Devera
Milton Nascimento / Fernando Brant / Márcio Borges

"O que foi feito amigo
De tudo que a gente sonhou?
O que foi feito da vida?
O que foi do amor?

Quisera encontrar
Aquele verso menino que escrevi
Há tantos anos atrás

Falo assim sem saudade
Falo assim por saber
Se muito vale o já feito
Mais vale o que será

E o que foi feito é preciso conhecer
Para melhor prosseguir

Falo assim sem tristeza
Falo por acreditar
Que é cobrando o que fomos
Que nós iremos crescer

Outros outubros viram
Outras manhãs plenas de sol e de luz."

Saudade!
Vai amiga, vire anjo e nos conduza!

Namastê!

Um comentário:

Lourdes Maria disse...

Oi amiga,
tou adorando ler sua história, seus desafios,suas lutas e a sua esperança por toda uma vida..... Parabéns!!!